2.9.09

MêS 09

É o mês dos virgens, das reentrées políticas, do regresso às aulas, do regresso ao trabalho. É o mês do Verão e do Outono, é o mês do equinócio (por cá no hemisfério norte), é o mês da primavera (por lá no hemisfério sul)... é o mês quente, é o mês fresco. É o mês em que começam a cair as castanhas na Avenida (embora ainda pareça estranho porque ainda está calor). É o mês 9 do calendário gregoriano,mas era o mês 7 do calendário romano, é o mês que fica três meses antes do fim do ano. É o mês em que os cold play acabam a tourné em Londres num grande concerto, ao qual eu não vou. É o mês em que vai começar o mestrado (vou ser mais uma maluca a fazer um mestrado (a 150km de casa e a trablahr em simultâneo!), sim... devo estar louca... estava a viver tão tranquilamente)... É o mês de muitas festas de aniversário (é o pai, é o Elvis, é a AC, é a Patri, é a JJ, é toda a gente!! È tb o aniversário dos pequenos Vi, rodrigo e afonso. E, portanto, é o mês em que fico sem dinheiro num instante. É o mês ds Festa do Avante (e não há festa como esta). É o mês do dia dos idosos. Este é o mês em que as férias ainda cheiram mas já não existem... só na nossa memória. Este é o mês de Setembro. Há mais alguma coisa neste mês que eu não me esteja a lembrar?

2 comentários:

Peruca de Tule disse...

:)

Lindo post.
Desde já BOA SORTE para essa alhada em q t meteste (o Mestrado).

;P Vou tentar dar algum contributo "à coisa":

Setembro é o mês da eternidade (já dizia uma canção qq q a minha mãe ouvia quando eu era pequena). É o mês do cansaço e dos (re)começos. Setembro é o mês dos tons pastel e da preguiça. Da saudade e da esperança. É o mês da continuidade, da originalidade, do fresco e da (re)temperança. Setembro é o mês das contrariedades. É tudo. E não é nada. É tudo e nada. É o tudo. Ou nada. ;)

BeijOoooOooOO

*PerucaMaluka* a respirar Setembro em perucadetule@gmail.com

marteodora disse...

Marga,

pois é o meu Vi está quase com cinco aninhos, eh,eh,eh,.
Olha, sabes, tenho alguma dificuldade em não pensar em Setembro como o início do ano.
Para mim, Setembro sempre foi o inicio do ano. É quando o ano verdadeiramente começa, tens razão.
É a reentrada, de facto, na vida real. "Allô, Terra chama pessoal que ainda pensa nas férias...!"
E, embora tenha recordações fabulosas (mesmo fabulosas) da Festa do Avante Camarada, Avante, junta a tua à nossa voz, o mês de Setembro só me cheira a nostalgia (lembra-me as férias que já pasaram, o meu filho bebé e lembram-me, sobretudo que vêm aí os dias tristes e frios, de chuva e encolhimentos.
Pronto!