7.10.09

febre amarela

LER MAIS EM




O que é?


A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda, de curta duração (no máximo 10 dias), causada pelo vírus flavivírus e que tem como hospedeiro natural os primatas não-humanos (macacos) que habitam as florestas tropicais.

Os pesquisadores identificam dois tipos de febre amarela: selvagem e urbana.

A selvagem é uma doença típica de macacos, que vivem nas florestas tropicais e equatoriais, e se apresenta de forma cíclica, ou seja, em períodos de tempo, com maior intensidade a cada cinco ou sete anos. Ela é transmitida para o homem e animais através da picada do mosquito Haemagogus ou Sabethes infectado.

No caso da febre amarela urbana, a transmissão é pela picada do Aedes aegypti (o mesmo da dengue). Os dois tipos de febre amarela apresentam os mesmos sintomas, a diferença entre eles é o modo de transmissão.

Como prevenir?

Felizmente, existe uma maneira eficaz de prevenir contra a febre amarela, que é a vacinação.

É importante saber que a vacina tem validade de 10 (dez) anos, por isso é necessário estar atento à data da última dose.

Quais os sintomas?

Os principais sintomas da Febre Amarela são: febre alta, mal-estar, dor de cabeça, dor muscular muito forte, cansaço, calafrios, vómitos e diarreia aparecem, em geral, de três a seis dias após a picada (período de incubação).

Esses sintomas são os que atingem a maioria das pessoas. Já numa pequena parcela dos casos, cerca de 15%, pode ocorrer ainda além dos já citados, sintomas graves como icterícia (pele e olhos amarelados), hemorragias, comprometimento dos rins (anúria), fígado (hepatite e coma hepático), pulmão e problemas cardíacos que podem levar à morte.

Cerca de 90% das pessoas infectadas pelo vírus da febre amarela são assintomáticas (não têm sintomas) ou apresentam sintomas leves da doença, com febre e dor de cabeça com duração de cerca de dois dias.

A febre amarela pode apresentar-se de várias formas: leve, que evolui para cura, ou grave, que pode levar à morte. A letalidade geral da doença varia entre 5% a 50%.

Sem comentários: