5.4.10

O órgão do padre

órgão qq que saquei do google

Ontem a gente cá do burgo rumou toda à igreja de Sant'Iago.
Todos quiseram ouvir o «órgão do padre», nome pelo qual ficou conhecido o órgão de tubos, do século XVIII, construído por um tal de Joaquim Fontana.

Parece que falar de órgãos e de padres está na moda. Andam os cardeais e os bispos tão preocupados em calar as bocas para que não saiam notas relacionadas com criancinhas e órgãos e desafinanços da Igreja! Não sei porquê? Afinal o «órgão do padre» é tão jeitoso e potente!

VER no Público «A maior crise da Igreja Católica dos últimos 100 anos»

2 comentários:

Peruca de Tule disse...

;D

Delicioso.

O post! O órgão do padre n sei... Mas s tu dizes q é potente, eu acredito.

BeijOoOOoOOO

Ré mi fá disse...

Não sei que Ig é essa de Santiago, pois os dados deste seu BEAT não me permitiram ir a esse ponto. Quanto ao órgão "do padre", ou seja da Igreja, parece-me que Joaquim Fontana é Joaquim António Peres Fontanes e será de finais do séc XVIII, talvez já até do séc. XIX. Mas isto de órgãos tem muito que se lhe diga..."do padre" é só um pretexto...